O Teatro de Bonecos ‘Quebra-Nozes no Reino das Colônias’ foi criado pelo Grupo Amigos da Vila Sorriso, como último evento do ano organizado por seus integrantes, para a captação de recursos financeiros com a venda dos ingressos revertida para o Projeto Acolher.

O objetivo desse projeto, entre outras ações, visa custear obras de reparo e pequenas reformas na Casa de Acolhimento. Com a construção de uma infra-estrutura básica(galpão), a vila poderá receber o trabalho de diversos voluntários que já se dispuseram a compartilhar seus conhecimentos, seu tempo e seu amor com as crianças e adolescentes acolhidos na Vila Sorriso.

O espetáculo está sendo montado em tempo recorde(menos de 2 meses) graças a participação e dedicação de profissionais e amigos de diferentes aéreas que, abraçaram a causa como voluntários e parceiros, desde de sua concepção até a última apresentação, todo elenco e profissionais envolvidos doaram seus cachês e seu tempo para o Projeto acolher da Vila Sorriso, além do apoio e parceria de várias empresas e pessoas físicas e, da Fundação Dom João VI, onde acontecerão as apresentações.

O ingresso custa R$ 30 e pode ser adquirido na cafeteria Avareh, no Friburgo Shopping, restaurante Da Terra, na Rua Augusto Spinelli, 116, e no restaurante Viva Rô, na Rua Apolônia Pinto, 505, em Mury.

A história original ‘Quebra-Nozes e o Camundongo Rei’ do escritor alemão E. T. A Hoffmann publicada no natal de 1816, ganhou o mundo e ficou conhecida em vários países através da adaptação do francês Alexandre Dumas publicada em 1845 com o título ‘ A História de um Quebra-Nozes, mas ela só alcançou o auge da fama com o compositor russo Tchaikovsky quando foi escrita por ele a importante peça de balé ‘O Quebra-Nozes’, estrelada em Dezembro de 1892, tornando-se uma das obras mais difundidas do balé clássico.

A versão ‘Quebra-Nozes no Reino das Colônias’ que será apresentada em Nova Friburgo pela Cia Baú de Histórias, Companhia de Teatro de Bonecos, foge da receita tradicional e traz uma abordagem criativa e inovadora para o clássico natalino, com a primeira adaptação da versão original alemã de E.T.A Hoffmann para o Teatro de Bonecos, no melhor estilo da Commedia D’Art. Essa versão foi criada pela fotógrafa e bonequeira Érika Castro, fundadora da Cia Baú de Histórias, especialmente para a Vila Sorriso e, após ela descobrir no texto original várias semelhanças e “coincidências” com a história da cidade.

Com a participação especial de contadoras de histórias, bailarinos e dançarinos, além da manipulação de bonecos de luva (fantoches) em um figurino/cenário, a cenografia será feita com projeções de fotografias da cidade e imagens digitais. Todo espetáculo terá partes do balé de Tchaikovsky como trilha sonora e promete encantar e surpreender crianças de todas as idades. Érika Castro

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

Ads

Você pode gostar

Uma gigante chamada STAM

Uma das maiores e mais importantes indústrias da América Latina é Friburguense e completa 47 anos de atividade.

Nova Friburgo Yetis

O primeiro time de futebol americano do interior do RJ. O Nova Friburgo Yetis foi fundado em 2006, e até hoje figura como grande nome na difusão do esporte no interior do estado.

Crossfit em Nova Friburgo

A recente popularidade do esporte fez nascer em Nova Friburgo dois boxes de altíssimo nível, descubra a Crossfit Friburgo e Crossfit Uphill, dois espaços incríveis que nos enchem de orgulho.

Urban Hacking Destinos Turísticos Inteligentes

Uma intervenção no espaço urbano para proporcionar interatividade e integração dos turistas com a cidade de Nova Friburgo.

O que fazer em Nova Friburgo neste mês de Agosto

Dia 1º de agosto é celebrado o Dia Nacional da Suíça. Em Nova Friburgo, a data também é comemorada com uma programação variada e atividades gratuitas.

A Praça do Suspiro recebeu o primeiro Urban Hacking de Nova Friburgo

O primeiro Urban Hacking de Nova Friburgo foi um sucesso, a praça do Suspiro recebeu no domingo, dia 24 de Junho, uma série de atividades culturais, sociais e ambientais.

X